Como declarar aluguel no IR

 

Já começou o período para declaração do imposto de renda 2018.

Sabemos que cumprir todas as exigências da Receita Federal não é uma tarefa fácil. São muito detalhes e qualquer divergência de valores, lá vem a malha fina. Por isso, quem aluga seus imóveis precisa ficar atento na hora de declarar o imposto de renda.  Para ajudar você, criamos esse guia com as principais dúvidas sobre o assunto.

 

Fique atento: o prazo para declaração termina em 30 de abril de 2018.

 

Vamos lá?

Antes de começar, você precisa saber de algumas coisas importantes e que vão te manter longe da malha fina.

– Se a sua receita de aluguel (ou alugueis) foi superior a R$1.903,98, você deveria ter recolhido o Carnê-Leão mensalmente. Se não o fez, fale com seu contador para regularizar a situação.

– O Inquilino de seu imóvel não pode deduzir as despesas com Aluguel, Condomínio e outras taxas do imposto, mas tem a obrigação legal de declara-las a Receita Federal, sob pena de multa.

 

Se você alugou seu imóvel para uma empresa (com CNPJ)

No programa da Receita, na lateral esquerda, encontre a opção de ficha “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica”.

 

Digite os dados da empresa inquilina e o valor total dos alugueis (soma de todos os valores do ano).

 

Declarar ir 2018

 

Se a administração dos imóveis é feita pela imobiliária ou administradora, é provável que seu inquilino não saiba quanto é a comissão e vai declarar o valor pago integralmente. Para que os dados não fiquem discordantes, você deve informar:

– O valor líquido da locação (descontando o valor da comissão) na ficha “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica”;

– E a comissão da administradora deve ser informada na ficha “Pagamentos Efetuados”, clique em NOVO  e selecione o “Código 71 – administrador de imóveis”, conforme imagens abaixo:

 

Ir 2018

 

Se você alugou seu imóvel para uma pessoa física:

Aqui, a fonte pagadora é sempre o locatário (inquilino), mesmo que seu imóvel seja administrado pela imobiliária ok?

O recebimento dos alugueis, neste caso, deve ser feito na ficha “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Física e do Exterior pelo Titular”. Encontre a aba “Outras Informações” e, em seguida “aluguéis”.

Informe somente o valor líquido do aluguel, ou seja, deduza os impostos e comissões pagas a administradora.

Aqui você também vai declarar os valores pagos do carne-leão, na aba: Carnê-leão – Darf pago cód. 0190, mês a mês. Veja imagem abaixo:

Como declarar os valores pagos a Administradora de Imóveis.

 

Os valores pagos de comissão à administradora devem ser descritos na ficha “Pagamentos Efetuados, código 71 – administrador de imóveis”.

Se você é nosso cliente, o valor da comissão está discriminado em seu demonstrativo mensal.

Para saber quanto deve informar, faça o seguinte cálculo:

Pegue o valor total de alugueis do ano, subtraia o valor da comissão paga, o resultado desta equação é o valor que deve ser informado.

Por exemplo: se você recebeu de aluguel R$20.000,00 no ano e pagou 10% de administração do seu imóvel, o valor a ser declarado é de R$2.000,00.

Para evitar qualquer transtorno com a Receita, cobre sua administradora que envie o DIMOB para a receita. Assim, os valores divergentes serão facilmente esclarecidos. Se você é nosso cliente, sua declaração já foi entregue.