Seguro Fiança é uma alternativa mais atual para quem deseja alugar um imóvel e não possui, ou não deseja ter, um fiador. Diferente do fiador, nesta forma de garantia é a seguradora quem assume o compromisso de honrar com os aluguéis e encargos não pagos pelo inquilino.

Esta é uma modalidade de garantia locatícia que vêm ganhando cada vez mais força entre os locatários, que se sentem mais seguros com a certeza do recebimento dos aluguéis mesmo em caso de inadimplência.

 

Como contratar um Seguro Fiança

A forma de contratação do Seguro Fiança é bem simples.

O interessado em alugar o imóvel deve enviar a documentação exigida pela Seguradora para a corretora de seguros. A Seguradora fará a análise desta documentação (geralmente em 24 horas úteis) e, se aprovada, será emitida a apólice do seguro.

Depois disso, basta que o interessado efetue o pagamento desta apólice e envie o comprovante e cópia da apólice para a imobiliária que estiver intermediando o contrato.  O Seguro Fiança tem validade anual, ou seja, após 12 meses, uma nova apólice será emitida automaticamente.

 

Vantagens do Seguro Fiança

Para o locador, é uma das formas mais seguras e práticas de garantia locatícia. É importante dizer, que quem determina qual garantia será aceita no processo de locação é o locador.

– Cobertura de até 30 meses de aluguel e encargos;

– Garantia de recebimento do aluguel não pago pelo inquilino;

– Em uma eventual ação de despejo, o custo é totalmente absorvido pela seguradora;

– É possível adicionar coberturas extras, como pintura e danos ao imóvel por exemplo.

 

Apesar de ser bastante vantajoso para o locador, o locatário também encontra vantagens nesta forma de garantia.

– O processo de aprovação da documentação é rápido, agilizando a assinatura do contrato;

– Não envolve terceiros (fiadores);

– Evita o desembolso de um valor alto no ato da locação, como no caso do depósito caução.

 

Quanto custa contratar um Seguro Fiança?

Não existe uma regra quanto ao valor a ser pago pelo seguro fiança, mas geralmente o valor fica em torno de um e um aluguel e meio. Este valor varia de acordo com a quantidade de coberturas contratadas, quanto mais coberturas, mais alto será o valor pago.

 

As coberturas extras existentes são:

›  Pintura ›  Multas ›  Condomínio
›  IPTU ›  Água ›  Luz
›  Gás ›  Danos ao imóvel ›  Serviços emergenciais de reparo

 

Saiba mais sobre as coberturas locatícias existentes. Clique aqui.